pub

Tags : poesia

  • avatar

    LUNAS DE JULIETA VIÑAS ARJONA

    Talis Andrade, em talisandradehá 1 hora

    Quando se foi o sol Julieta no balcão se fez poesia esperando o rouxinol   As mãos de Julieta deslizam pelas cordas de uma harpa os dedos dando voltas pela lua de Lorca   Seus dedos vão dando voltas na lua de inúmeras faces Seus dedos vão dando voltas na luna violácea donde (...)

    Ler mais
  • avatar

    Inferno

    Sílex, em nocturnoshá 2 horas

            Dormente... Estupefacta... Trago a minh' alma tolhida Perante a revolta da natureza e a perda de tanta vida.     Inacreditável... Inconcebível... São emoções que me assaltam como as imagens devastam até o mais empedernido.     (...)

    Ler mais
  • avatar

    O que se perdeu nas sombras

    antonioramalho, em anpera21há 2 horas

      O melhor que se esconde no interior chega aos espinhos que esperavam saber onde estivemos a vaguear na beleza inesquecível. Procurar o que aconteceu na leitura difícil da vontade. A lua a olhar o horizonte é a medida da imaginação. A exceção de pensar na diferença, que (...)

    Ler mais
  • avatar

    Um antiquário

    Moscardo, em deliriodomoscardohá 3 horas

      Um triste rapaz entra num antiquário, Memórias boas e más, expostas em prateleiras, Por que não se liberta das más, pergunta ao dono, Diz ele: "As boas fazem-nos voar, mas as más impedem que nos despenhemos.  

    Ler mais
  • avatar

    A casa dos encantos

    francisco luís fontinha, em franciscoluisfontinhahá 4 horas

    Domingo, um abraço chuvoso, O fogo absorve-te na imensidão do espaço, Evapora-se nos teus cabelos frescos como a água da ribeira… Domingo, Um abraço na carcere do esquecimento, A flauta suspensa nos teus lábios… Enquanto em mim permanece acesa a musicalidade da saudade, (...)

    Ler mais
  • avatar

    Isabel, a pastora poeta da Serra d' Arga

    M.Contreiras Alves, em fundodagavetahá 6 horas

      Nasceu na freguesia de Dem, concelho de Caminha, terminado o 12º ano, seguiu-se a Universidade, Isabel formou-se em Educação de Infância, um sonho de criança cumprido. Nasceu na freguesia de Dem, concelho de Caminha, terminado o 12º ano, seguiu-se a Universidade, Isabel (...)

    Ler mais
  • avatar

    O Coração Abandonado De Um Poeta...

    Filipe Vaz Correia, em canecadeletrashá 6 horas

          As águas deste rio; Tranquilas e adormecidas, Acompanham os meus pensamentos, Juntando as palavras perdidas, Que foram minhas por um momento...   As águas deste rio; Soletram a minha dor, Recuperando as lágrimas, Que nesta ânsia sem pudor, Por vezes me invadem...   As (...)

    Ler mais
  • avatar

    Portugal Sacro-Profano - Vila do Conde

    Isabel Maia, em thisismeinanuttshellhá 11 horas

    O lugar onde o coração se esconde é onde o vento norte corta luas brancas no azul do mar e o poeta solitário escolhe igreja pra casar O lugar onde o coração se esconde é em dezembro o sol cortado pelo frio e à noite as luzes a alinhar o rio O lugar onde o coração se esconde (...)

    Ler mais
  • avatar

    vai leve a sombra

    sonia'g, em andarporforahá 15 horas

      Vai leve a sombra Por sobre a água. Assim meu sonho Na minha mágoa. Como quem dorme Esqueço a viver. Despertarei Ao sol volver. Nuvem ou brisa, Sonho ou ... dada Faz sentir; passa, E não foi nada.   Fernando Pessoa  foto | Cangas de Morrazo | junho'17 texto | in "Pessoa e (...)

    Ler mais
  • avatar

    Recordando... Alberto Caeiro

    cateespero, em cateespero24/6/2017 às 22:00

    A GUERRA QUE AFLIGE...   A guerra que aflige com os seus esquadrões o Mundo, É o tipo perfeito do erro da filosofia.   A guerra, como tudo humano, quer alterar. Mas a guerra, mais do que tudo, quer alterar e alterar muito E alterar depressa.   Mas a guerra inflige a morte. E a (...)

    Ler mais